4 de novembro de 2014

O Carnaval da Nazaré para quem nos visita


Todos os Nazarenos sabem o que significa o Carnaval para eles.
É um sentimento indescritível, uma sensação de euforia e alegria que nos invade quando esta altura do ano se aproxima...

E para quem nos visita? E para quem vê esta publicação e não é Nazareno ou simplesmente não sabe o que é o Carnaval da Nazaré? Vamos explicar de modo a que todos entendam.

O Carnaval da Nazaré


O Carnaval da Nazaré identifica-se como sendo um Carnaval espontâneo, organizado por e para as gentes da terra.

É preparado com largos meses de antecedência, e costuma-se dizer pela Nazaré que "a passagem de ano é o primeiro dia de Carnaval", facto devido às bandas que actuam na passagem de ano já tocarem as marchas do Carnaval da Nazaré, cuja letra e música é feita e cantada por Nazarenos. Aliás, em qualquer dia de festa de um Nazareno é comum haver marchas de Carnaval.
As marchas de Carnaval são de facto a marca de um grupo pois cada grupo tem a sua marcha, e a cada ano é criada uma marcha nova de acordo com o tema do grupo ou o mote do ano corrente.

O mote do Carnaval da Nazaré é uma expressão típica Nazarena que dá o mote a cada ano de Carnaval. (iremos publicar motes de Carnavais anteriores em breve)
Todos os anos é escolhido um mote diferente, numa reunião com todos os grupos e intervenientes para de facto se tomar decisões relativamente a este mote e aos reis do Carnaval da Nazaré, que são Nazarenos e personalidades que de algum modo contribuíram para o Carnaval.



O dia oficial de começo do Carnaval da Nazaré é o dia 3 de Fevereiro, dia de S. Brás. Neste mesmo dia é feita uma romaria nas imediações do monte de São Bartolomeu (ver localização), onde os Nazarenos comem, bebem e dançam ao som das marchas do Carnaval da Nazaré.



Antes do Carnaval propriamente dito, existem também diversos bailes de Máscaras feitos nas salas de baile do Concelho da Nazaré, que de algum modo antecipam os bailes de Carnaval e oferecem prémios aos melhores ensaiados ("mascarados" à moda da praia). São eles:

- Planalto (ver localização)
A sala de baile da Associação Recreativa Planalto fica situada no Sítio da Nazaré, mais abaixo do Museu Dr. Joaquim Manso. É o primeiro baile de Máscaras do Carnaval da Nazaré.

- Pederneira (ver localização)
A sala de baile da Associação Recreativa Pederneirense fica situada no Largo Bastião Fernandes, na Pederneira, na Antiga Casa da Câmara da Pederneira.

- BIR (ver localização)
A sala de baile da Biblioteca Instrução e Recreio fica situada em Valado dos Frades, junto do campo sintético.

- Estrela do Norte (ver localização)
A sala de baile de Famalicão.

- Mar-Alto (ver localização)
Localizada na Rua Mousinho de Albuquerque, o Círculo Cultural Mar-Alto apresenta uma sala de baile inovadora e irreverente.

- Casino Salão de Festas (ver localização)
Junto ao Cine-Teatro da Nazaré, o Casino é a "catedral do Carnaval da Nazaré". A sala mais carismática e tradicional do Carnaval da Nazaré.

Normalmente, os bailes de Máscaras são nos fins de semana antes do fim de semana de Carnaval. Ou seja:
- Baile de Máscaras do Planalto (3 semanas antes do Carnaval)
- Baile de Máscaras do Mar-Alto (2 semanas antes do Carnaval)
- Baile de Máscaras do Casino (Sábado antes do Carnaval - Sábado Magro)
- Carnaval (Sábado, Domingo, Segunda e Terça)

Durante o Carnaval há bailes todos os dias.
As salas de baile são um dos espaços de diversão nocturna a frequentar no Carnaval, com animação garantida durante toda a noite. As marchas do Carnaval da Nazaré são tocadas ao vivo e a cores pelas bandas que abrilhantam os bailes, bem como diversas músicas adequadas à época. Também nas salas, durante os bailes de Carnaval são apresentadas cegadas (uma sátira Nazarena), ranchos de fantasia e brincadeiras.


Uma semana antes do Carnaval, no Sábado (chamado Sábado Magro), saiem à rua os Bicicletas, as Trotinetas, os Sakanagem, as Alberqueras e as Tenantas, grupos criados para proporcionar a todos os integrantes mais um dia de Carnaval, ou seja, diversão.


Os Bicicletas foram o primeiro grupo a aparecer, composto apenas por homens que se fazem deslocar de bicicleta pela Nazaré.


As Trotinetas - grupo composto só por mulheres - surgiram alguns anos mais tarde por consequência dos homens das integrantes pertencerem aos Bicicletas, fazendo-se deslocar de trotineta.



Os Sakanagem (ou Os Penantes) surgiram há poucos anos, sendo um grupo composto por membros de ambos os sexos e fazendo-se deslocar "a penantes" pela Nazaré.



As Alberqueras surgiram em 2012, sendo também um grupo só de mulheres - que envergam o traje Nazareno.



Em 2014, surgiram as Tenantas, mais um grupo - só de mulheres - que participa neste grande dia.




Os desfiles de Carnaval acontecem ao Domingo e à Terça na Avenida Marginal da Nazaré. Ao Domingo de manhã há a passagem de testemunho dos Reis de Carnaval, e ao início da tarde saiem para o desfile juntamente com os grupos de Carnaval as Bandas Infernais (grupos onde o objectivo principal é fazer barulho - desde madrugada até ao fim do dia). O desfile é "inaugurado" com o carro alegórico dos Reis de Carnaval, fazendo-se acompanhar pelos grupos e respectivos carros alegóricos.



Após a Terça-Feira de Carnaval, na Quarta, há o Enterro do Santo Entrudo - um desfile "fúnebre" que parte da Lota Velha / Centro Cultural da Nazaré e pela Marginal até à Praça Sousa Oliveira, onde o Santo Entrudo é julgado e queimado na areia - que marca o fim do Carnaval da Nazaré.


Todos os que nos visitam saiem da Nazaré satisfeitos e com a promessa de voltar no próximo ano, pois este Carnaval é único, genuíno e sobretudo, tradicional. Venha daí, visite a Nazaré! Nós esperamos por si!






3 de novembro de 2014

Mar-Alto 2015: Começam os preparativos!


Como já temos vindo a dizer, o Carnaval da Nazaré 2015 já anda em preparações.
Hoje trazemo-vos um vídeo do Mar-Alto, com uma novidade... Hugo Piló!



O que estará o Mar-Alto a preparar para o Carnaval 2015?






1 de novembro de 2014

O Carnaval da Nazaré 2015 está-se a aproximar!


Já se começa a planear o Carnaval da Nazaré 2015. À medida que nos vamos despedindo de 2014, recordamos o que de bom aconteceu este ano, bem como algumas marchas que ficaram marcadas, e que certamente nos irão acompanhar durante os próximos anos.


Barbies 2014

Esta é sem dúvida alguma (e para mim) uma das melhores marchas dos últimos anos. Poderosa ao vivo e contagiante. Mal tocava, aproximava-se a loucura. Um excelente trabalho por parte das Barbies, Ricardo Menezes e Rui Talhadas, as pessoas por detrás deste sucesso.


Sakanagem 2014

Como sempre, estes senhores deixam-nos mais uma vez uma marcha para recordar. À semelhança dos últimos anos, é uma marcha que cria expectativas à medida que nos aproximamos do Sábado Magro. Todos querem ouví-la, todos querem saber o que os "sakanas" têm guardado para cada Carnaval. É como um prato de misturadas, pode-se esperar tudo. De bom, claro.


Foliões da Nazaré 2014
Quem não ouviu esta? Quem não ficou com o "Funi Funi" na cabeça durante e após o Carnaval? Uma excelente e merecida homenagem dos Foliões da Nazaré a um dos mais emblemáticos patrimónios nazarenos, o funicular / ascensor da Nazaré.


Enxemaces 2014

Os Enxemaces já existem há algum tempo, e este ano brindaram-nos com uma marcha característica... ao "enxemace". Mais uma vez a prova de que onde Rui Talhadas mexe, há bomba.


E tu, que marchas achas que merecem ser recordadas? Comenta! Diz-nos quais!